? ??????????????Retro Flowers? ????? ?????? ???Rating: 3.3 (4 Ratings)??0 Grabs Today. 328 Total Grabs. ??
????Get the Code?? ?? ?????Life Began With love? ????? ?????? ???Rating: 5.0 (1 Rating)??0 Grabs Today. 673 Total Grabs. ??????Get the Code?? ?? ???????????? ????Easy Install Instructions:???1. C CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS ?

martes, 31 de marzo de 2009

25 de março





Aitor e eu celebramos um dia especial e para comemorar, um delicioso pavê de morango, receita da minha amiga Tati Rau.

Mais um ano juntos, depois de que tudo começou. Revivemos aquele momento, enquanto aquela mesma tarde eu contava a minha mae toda a história, como sempre gostei de contar as coisas para ela: DETALHADAMENTE!!!

Já estávamos "enamorados" e acho que cada um esperava um sinal, um aviso ou uma iniciativa por parte do outro. Na verdade tudo aconteceu muito rápido e eu havia chegado a esse país havia somente um mês. Mas o sentimento foi instantaneo desde a primeira vez que nos vimos e por isso, esse tempo de "espera" por uma iniciativa nos deixava loucos.

Eu nao estava segura de que estava apaixonada, mas era certo que seu jeito de ser me fascinava, seu sorriso, sua atençao, seu jeito divertido e comecei a me dar conta de que havia um sentimento especial quando ele nao vinha para o jantar e a sua ausência me deixava triste.

Ele me olhava de uma maneira diferente, se preocupava comigo de uma maneira diferente mas a falta de um sinal me deixava com uma grande dúvida.

Acontece que ele e eu somos parecidos até mesmo nisso. Eu sempre fui incapaz de dar o primeiro passo em uma situaçao como essa. O medo de rejeiçao e principalmente do que o outro poderia pensar nos bloqueavam.

Na noite anterior, despertei em meio da madrugada com uma sensaçao de segurança imensa. Havia tido um sonho. Sonhei que em um desses dias em que ele vinha jantar em casa, enquanto conversavamos todos animadamente, ele segurou a minha mao por debaixo da mesa. Nesse momento nos olhamos e seguimos com as maos dadas e eu me sentia segura. Acordei segura, com o desejo de que aquele sonho se tornasse real.

Naquela sexta-feira, como de costume, nos reunimos para almoçar. Um amigo em comum que estava presente, me pediu meu telefone para me ligar e combinarmos de sair um dia. Eu dei o meu número, afinal, precisava me divertir por aqui e já estava acostumada a sair na companhia de amigos homens, aliás, era o que eu mais fazia no Brasil. Aqui a cultura é diferente e se alguém do sexo oposto de convida para sair, é muito difícil que a intençao seja de amizade. Aitor ficou transtornado com essa situaçao e nao foi fácil escondê-la, principalmente de mim que sou bastante sensível a essas coisas.

Nessa mesma noite, enquanto trabalhava no bar "La Noche", recebí a visita deles, como sempre, para tomar uma "copita". Mas dessa vez foi diferente. Todos se foram e ele ficou, sozinho, no balcao do bar. Nao demorou muito para que chegasse a minha hora de ir embora e me desalentava o coraçao deixá-lo, mas esse desalento nao durou muito porque ao me ver saindo, ele veio em minha direçao e me convidou para ir a outro bar. Acho que fiquei vermelha porque senti meu rosto quente. Nao sabia como acabaria a noite, mas só de estar em sua companhia, por mais amigável que fosse, já me fazia feliz. Estivemos uma hora andando de bar em bar e depois de 3 cubatas, encontramos com um amigo e nos sentamos para conversar. Uma mesa redonda, conversávamos animadamente e de repente, sinto sua mao segurando a minha. Nos olhamos com um sorriso e assim seguimos grande parte da noite. Eu já nao prestava atençao na conversa e me perguntava se o que acontecia era outro sonho. Nao foi um sonho, era realidade!! Até hoje nao conseguimos esclarecer a verdade sobre nosso encontro de maos. Sempre digo que ele a segurou e nao soltou por toda a noite. Ele sempre diz que segurou por um momento e que eu nao o deixei soltar. A verdade será uma incógnita, mas o fato é que a partir desse momento nossas mãos seguem unidas, em sintonia uma com a outra, compartilhando carinhos, amor e companheirismo, diariamente.

2 comentarios:

Bla Bli Blu dijo...

Nossa...
sem palavras pra comentar o tanto que essa história é linda... fico tão feliz por você, amiga, porque tinha a certeza de que você ia encontrar a pessoa certa, e de que seria muito feliz, e ainda, de que isso tudo nem aconteceria no Brasil hehehe! Então é muito bom ver o tanto que vocês estão felizes e foram abençoados. *-*

Tati dijo...

Ai amiga....ate me emocionei com a historia..meus olhos se encheram de lagrimas...Fico feliz demais por tudo que vem acontecendo na sua vida....pelos grandes presentes que vc tem recebido de Deus....
Nossa fico mais feliz ainda em saber que a minha receita serviu para comemorar uma data tao especial....rsrsrs
Adoro vc demais......saudades infinitas