? ??????????????Retro Flowers? ????? ?????? ???Rating: 3.3 (4 Ratings)??0 Grabs Today. 328 Total Grabs. ??
????Get the Code?? ?? ?????Life Began With love? ????? ?????? ???Rating: 5.0 (1 Rating)??0 Grabs Today. 673 Total Grabs. ??????Get the Code?? ?? ???????????? ????Easy Install Instructions:???1. C CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS ?

jueves, 18 de diciembre de 2008

19 Julho de 2008

Alguns dias antes dessa data, minha cunhada Yoana me perguntou se já estavamos pensando em ter filhos. Minha resposta foi automática:
- Nao, agora nao.
- Você está falando sério?
- Sim, muito sério. Pelo Aitor, já teríamos agora mesmo. Acontece que eu quero primeiramente conseguir um trabalho e quando já estiver estabilizada profissionalmente, aí sim pensamos em ter filhos.
- Eu entendo perfeitamente Roberta, mas eu acredito que você nao precisa se preocupar com isso nao, afinal, o trabalho virá na hora certa. Nao concordo que você tenha que adiar alguns planos importante por conta disso.
Ela disse também que poderiamos começar a tentar, porque nunca se sabe quanto demora desde que se começa a tentar engravidar. Aproveitou e nos contou o intento de ter um segundo filho, que para eles foi em vão. Já nao foi possível ter-lo, apesar das tentativas, tratamento médicos, posiçoes aconselhadas pelo médico...
Foi mais ou menos assim que ela conseguiu fazer com que eu chegasse em casa e pensasse muito a respeito disso. Eu estaria muito feliz em ser mãe e faria do Aitor o homem mais feliz do mundo. Estava certo que desde que cheguei aqui estava na grande "espera" do momento certo para trabalhar e realizar-me profissionalmente. Esse momento estava chegando, mas quem sabe um filho nao seria um impedimento para essa realizaçao também? Resolvi deixar na mão do nosso grande Deus.
Coincidentemente, eu havia deixado a pílula, por um mês, para fazer um descanso. Elas já me estavam fazendo mal. No mês seguinte, um pouco antes do meu periodo, procuraria minha médica para saber se seria melhor mudar de marca ou seguir com a mesma depois dessa pausa.
Nesse dia tao importante, eu havia feito as contas e era justamente o dia D. O dia fértil. Inclusive, eu já sentia um incomodo grande na barriga, pela ovulaçao ativa desse dia. Entao, quando o Aitor chegou em casa, eu disse:
-Hoje é o dia. Tentamos?
-Ele nao pensou duas vezes. E nem era pela atividade que tem que se fazer para tentar (risos) e sim pela grande vontade que ele tinha de ser pai. Foi uma noite bonita, como sao todas as noites que estamos juntos. Todas com muito amor, carinho, cumplicidade, respeito e afinidade entre nós. Aliás, foi até divertida, porque no meio da nossa "noite", lembramos da história de posiçoes que nos contou nossa cunhada e ali estávamos nela, tentando fazer tudo para dar certo. O que houve de especial em esse momento, foi que quando estávamos deitados e abraçados ao lado do outro, o Aitor me fez um carinho no rosto, com aquele brilho no olhar que me fez lembrar nosso primeiro dia, e disse:
- Cariño, te he hecho una niña. (Amor, fiz em você uma menina).
Foi lindooooo.

1 comentarios:

Tati dijo...

Ai amiga...vc tem q escrever um livro...nao canso de me dizer isso a vc ...
bjao...te adoro